Fellype Coelho

3 perguntas para Fellype Coelho, criador do Dragões: Guardiões da Memória

Essa semana quem passa aqui respondendo minhas 3 perguntas é Fellype Coelho, desenvolvedor independente de jogos e co-criador do jogo Dragões: Guardiões da Memória, produzido pela Idea Jogos.

O jogo, que foi sua primeira criação, foi finalista do prêmio Ludopedia na categoria Melhor Jogo Infantil – Designer Nacional.

Ele é formado em design gráfico, mas está iniciando a carreira como front-end. Criação de jogos é algo prazeroso para ele que teve seu primeiro jogo publicado, e torce para que isso abra portas para próximos projetos.

Fellype, por que jogar?

Jogos de tabuleiro nos proporcionam reunir os amigos de uma forma, que não importa se você tem assunto para conversar, se você está com dinheiro para gastar, basta todos sentarem em volta de uma mesa e jogar.

É algo que aproxima a todos, amigos, família, até mesmo pessoas que você está conhecendo naquele exato momento.

Existe uma variedade gigantesca de temas e mecânicas, então não importa as pessoas que estão a sua volta, sempre vai ter algo para todos se divertirem.

Por que criar jogos?

Sempre gostei de colocar minhas ideias em prática, qualquer coisa que penso, eu vou a fundo e monto todo um planejamento sobre ela, não importa o quão ambicioso estou sendo.

Com os jogos não é diferente, como estou sempre jogando alguma coisa, e é comum eu sempre pensar algo como, “e se isso fosse desse jeito”, e naturalmente um pequeno ajuste, com o tempo vira um jogo totalmente diferente e completo.

Então acabei transformando isso em um hobby, porque me divertia tentando por em prática, fazendo ilustrações, escrevendo manuais…

Alguns anos depois, me reuni com meu amigo Filipe Moura, e elevamos o nível, colocando metas e organizando melhor nossas ideias.

Apesar de termos dado uma seriedade a mais para a criação de jogos, ainda é algo que faço por diversão.

Um jogo especial para você e porquê

Tem um jogo que é muito especial para mim, não necessariamente porque é o que mais gosto de jogar, mas pelo o que ele representa, no meu ponto de vista.

Já joguei vários jogos que destoavam muito dos jogos clássicos que jogava na infância, mas Dice Forge, para mim, foi o que mais fez jus ao nome “moderno”.

É um jogo incrível, com uma mecânica única, com seus dados que você pode facilmente alterar as faces para poder melhorar seus pontos e vencer o jogo.

Como se o jogo em si já não fosse super incrível, a apresentação da caixa, com os componentes todos organizados nos seus devidos lugares foi algo que encheu meus olhos.

No mesmo dia que joguei pela primeira vez, comprei uma cópia.

Inscreva-se no meu Instagram e conheça o melhor sobre os jogos de tabuleiro!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s