Jogo de tabuleiro Village

Tenha fama e prestígio em Village

Jogo de tabuleiro Village

Village é um jogo para 2 a 4 jogadores lançado no Brasil pela extinta Fire On Board onde cada jogador assume o controle de uma família com objetivo de leva-la a ser a família mais notória em seu pequeno vilarejo.

Como se joga Village?

Cada jogador recebe uma família (conjunto de meeples) e o seu tabuleiro de fazenda, onde vai colocar apenas os meeples da primeira geração (ou seja com o número 1).

Além disso cada jogador vai posicionar um marcador na trilha de pontos que vai ao redor do tabuleiro e também um marcador na nuvem depois da ponte no seu tabuleiro de fazenda.

Jogo de tabuleiro Village

Os demais marcadores são organizados no tabuleiro e os cubos de influência sorteados e colocados em cada local do tabuleiro de acordo com o número de jogadores e a partida está pronta para começar.

Na sua vez cada jogador realiza as seguintes ações:

  • Recolher um cubo de um dos 7 locais de ações disponíveis no tabuleiro (ação obrigatória)

E

  • Realizar a ação que o espaço oferece (opcional)

Os cubos que você recolhe são influências que representam habilidades (laranja), persuasão (verde), marrom (fé) e rosa (conhecimento) que são usados nos locais de ação como “pagamento” para você realizar a ação ali.

Cada local oferece possibilidades de pagamentos, ou seja, você pode colocar uma pessoa da sua família ali e pagar TEMPO para produzir um recurso OU gastar seus cubos de influência para isso.

No exemplo abaixo, na Biblioteca você pode:

  • Colocar uma pessoa da sua família gastando dois tempos para isso e mais dois tempos para produzir um pergaminho OU gastar um cubo de influência de conhecimento (rosa) sem a necessidade de colocar um familiar ali e gastar tempo

Jogo de tabuleiro Village

E toda dinâmica do jogo gira em torno da escolha entre usar influência ou pessoas e tempo para produzir recursos, viajar, participar do conselho da cidade (e seus benefícios) vender mercadorias no mercado ou até mesmo entrar para a vida monástica na cidade, tornando-se um monge.

Os cubos pretos representam a PESTE e quando um jogador recolhe algum deve avançar 2 tempos na sua trilha de tempo da fazenda.

Outro aspecto que você precisa conhecer é essa trilha de tempo, pois toda vez que o marcador der a volta no tabuleiro e cruzar a ponte significa que uma pessoa da sua família faleceu.

Quando isso acontece você deve escolher um membro da geração mais velha e retira-lo do local onde está e posiciona-lo de duas maneiras possíveis:

  • No livro de registro da vila – Cada área do tabuleiro é identificada por um espaço correspondente no livro de registro, para colocarmos ali pessoas que foram influentes na sua área de atuação. Ou seja, se você precisa retirar um familiar seu da área das corporações de ofício você pode posiciona-lo no espaço correspondente no livro se houver espaço.

A quantidade de familiares que você possui no livro de registro influencia na pontuação final do jogo.

img-20200126-wa0003430215970.jpg

Se não houver mais espaço para aquela área no livro, você coloca seu familiar em uma vala comum no cemitério.

Jogo de tabuleiro Village

Então você precisa ocupar os espaços no livro mas ao mesmo tempo aproveitando o máximo de cada pessoa.

Você também pode negociar suas mercadorias na feira para atender a demanda dos clientes.

Jogo de tabuleiro Village

Ainda é possível viajar e ganhar pontos e benefícios pela quantidade de locais que seu familiar visitou.

img-20200126-wa0013927289271.jpg

E ao final de cada rodada (quando não houver mais cubos para serem recolhidos no tabuleiro) realiza-se a missa.

Na missa são retirados do saquinho preto 4 meeples e posicionados na hierarquia da Igreja, e se você quiser pode dar uma “forcinha” para essa nomeação acontecer, basta pagar 1 moeda para ter seu meeple retirado do saquinho sem sorteio.

img-20200126-wa00121609922964.jpg

Você ainda pode obter vantagens no conselho da cidade, que possibilita ao jogador obter privilégios interessantes, como conseguir influências (cubos) e mercadorias.

Como nem tudo na vida é só tristeza, você pode ter filhos ao visitar o espaço família, onde você pega um membro da próxima geração (que nasceu) e coloca-o na sua fazenda.

Jogo de tabuleiro Village

O poço dos desejos permite que o jogador troque 3 influências iguais por uma ação em qualquer lugar do tabuleiro, uma mão na roda quando sobram cubos e faltam ações.

Jogo de tabuleiro Village

E a partida termina quando TODO o livro de REGISTRO ou cemitério estiver totalmente ocupado, sendo que ocorrerá ainda a última missa e a contabilidade dos pontos, vencendo que tiver mais pontos e a família mais influente.

Acessibilidade

Todas as informações são abertas, com exceção dos contratos que você atendeu, sendo assim não é necessário manusear muitos componentes, somente recolher cubos, usa-los e colocar e/ou recolher seus meeples do tabuleiro.

É um jogo super acessível e as cores dos cubos também são de fácil identificação.

Acessibilidade jogo de tabuleiro Village

* Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

Dá para jogar com crianças?

Com crianças mais velhas, à partir de 10 anos é possível jogar, pois o jogo exige um certo planejamento das ações e visualização das possibilidades com antecedência, o que pode gerar uma complexidade não ideal para a criançada.

O que achamos do Village

Village é um jogo com boas idéias em um tema envolvente. Embora a idéia da vila não seja algo inovador, a maneira como você precisa lidar com sua família é muito interessante, pois você precisa ponderar quando vale à pena usar tempo para obter os recursos, ao mesmo tempo que perde alguns familiares que vão para o livro de registro e valem pontos no final da partida.

A presença constante da morte rodando sua família também nos leva a refletir sobre a brevidade da vida e quais objetivos temos. Claro que tudo isso é bem filosófico, mas o jogo acaba abrindo espaço para esse tipo de reflexão.

img-20200126-wa0005185719895.jpg

É necessário explorar todos os espaços que o jogo fornece para ir bem e saber usar as influências que você vai coletando no decorrer da partida.

Pontos Positivos:

  • Um jogo com idéias muito interessantes e bem implementadas
  • Funciona bem com todos os números de jogadores
  • Trata a alocação dos trabalhadores de uma maneira diferente, pois você precisa balancear entre tê-los onde você precisa mas ao mesmo tempo preencher os limitados espaços no livro do registro.
  • Simples de entender e com diversos caminhos para pontuar

Pontos de atenção:

  • Embora de maneira muito adequada, o jogo trata a respeito da morte, o que pode sensibilizar algumas pessoas

Village é aquele jogo bacana de jogar, fácil de entender mas com algumas possibilidades interessantes para você planejar e tentar pontuar bem. Vale à pena ter na coleção ou ao menos experimentar pela maneira como o jogo apresenta o tema de uma família na vila, procurando seu espaço para ter prestígio e reconhecimento.

Quer ler mais resenhas de jogos de tabuleiro como essa?

Acompanhe nosso Twitter  FacebookPinterest,   InstagramBLOG  e  Ludopedia

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s