Jogo de tabuleiro LUNA

Conquiste a sacerdotisa e vença em LUNA

Jogo de tabuleiro Luna da editora Papergames

Lançado no Brasil pela Papergames, em Luna somos líderes de Ordens que disputam pela sucessão da sacerdotisa da Lua. Você controla noviços que viajarão pelas ilhas para conseguirem o favor dos sacerdotes locais, recrutarão novos noviços e construirão santuários, vencendo ao final a Ordem que possuir mais influência (pontos de vitória).

Como se joga Luna?

Ilha do construtor jogo de tabuleiro Luna

Posicionam-se as ilhas de modo aleatório (ou usando os números nas ilhas para o setup pré-definido) ao redor do templo. Colocamos no templo um espaço da cor de cada jogador e o restante dos espaços são preenchidos com as peças das cores que não serão usadas na partida.

No exemplo abaixo temos duas peças no templo (partida com 2 jogadores) e o restante dos espaços com peças brancas.

Templo do jogo de tabuleiro Luna

Posicionam-se as pedras no caminho do templo juntamente com as pedras do guarda, cada jogador recebe uma pedra e posiciona essa pedra e um dos seus noviços no templo com um livro.

Cada jogador também coloca uma quantidade de seus noviços nas ilhas ou nos lugares já pré determinados. A Sacerdotisa Luna, o apóstata e o construtor são posicionados nas ilhas. Cada ilha recebe as fichas de favores na quantidade de jogadores na partida e a partida está pronta para começar.

Luna é um jogo de alocação de trabalhadores, ou seja, você vai posicionar seus noviços de diversas maneiras para realizar certas ações.

Cada ilha, por exemplo, fornece uma ficha de ação, e essas fichas são usadas para completar outras ações.

Na ilha por exemplo do santuário você ao usar seus noviços ali você recolhe uma ficha de santuário, que poderá usar posteriormente para construir um santuário na ilha onde estiver o mestre construtor.

Ilha do templo jogo de tabuleiro Luna

O uso dos seus noviços funciona de maneira bem interessante, pois você terá alguns noviços nas ilhas e fora delas. Os noviços nas ilhas são ativos e poderão ser usados naquela ilha, já noviços que foram usados são os que foram movidos para fora da ilha e agora estão inativos.

No exemplo abaixo, na ilha do veleiro temos 3 noviços fora da ilha, o que significa que eles já foram utilizados.

Ilha do veleiro jogo de tabuleiro Luna

O jogo permite uma série de ações diferentes, sendo que você quase sempre poderá fazer algo interessante.

Você poderá movimentar seus noviços entre ilhas, recrutar mais noviços e também move-los para dentro do templo através das pedras que estão do lado de fora na trilha do guarda e lhe rendem pontos de acordo com a pedra do guarda (que vai diminuindo seu valor à medida que as rodadas avançam).

As pedras do templo do jogo de tabuleiro Luna

Cada rodada termina assim que as velas que se encontram no templo forem apagadas, sendo que apagar uma vela é uma ação, ou seja, os jogadores ainda conseguem dar uma controlada em qual momento a rodada termina.

O jogo dura 6 rodadas, sendo que cada rodada conta sua pontuação pela maioria de noviços na ilha com a sacerdotisa, noviços no templo e pontos negativos para os noviços que estiverem na ilha do apóstata.

Lateral da caixa do jogo de tabuleiro Luna

No final da partida cada santuário, ficha de favor e posição no Concílio também rendem pontos, vencendo quem tiver mais pontos ao final.

Acessibilidade

O jogo tem dependência nas cores de cada conjunto de noviços e templos que o jogador controla. Além disso as pedras do templo possuem cores que podem ser confundidas, sendo que nesse ponto o jogo pode apresentar algumas dificuldades para pessoas com dificuldades de distinguir cores.

Foto dos componentes do jogo Luna com filto de Daltonismo para avaliar acessibilidade

cvs_2019-05-28_10:13:19-728744563..jpg

* Legenda da imagem: C – Visão comum / P – Protanopia / D – Deuteranopia / T – Tritanopia).

Dá para jogar com crianças?

Não, pois o tema não tem nada de convidativo para a criançada, além do jogo exigir um certo planejamento de ações com certa antecipação. Talvez os mais velhos consigam jogar (acima de 10 anos) mas não seria a melhor escolha para eles.

O que achamos do Luna

Luna é um jogo com um sistema de alocação de trabalhadores diferente, onde você retira os trabalhadores dos locais que quer usar, e pode usar diversos meios para realoca-los nos espaços do jogo.

Não existe muita interação direta, com exceção das pedras do templo, onde uma pedra de valor maior expulsa todos os noviços adjacentes em pedras de valores menores.

O jogo em si é fácil, não havendo complexidade nas ações, mas ele exige um pouquinho de planejamento antecipado, para pegar as pedras do templo, recrutar noviços e fazer o melhor uso possível das fichas de favores.

Concílio do templo do jogo de tabuleiro Luna

É preciso também se programar bem e ficar atento para sempre que possível recrutar mais noviços, pois cada um enviado ao templo fica lá até o final do jogo (salvo se ele for expulso), ou seja, se você enviar noviços mas não recrutar novos talvez você fique sem muitas ações e fique de fora da disputa pela vitória.

O tema do jogo não é atrativo, mas também não interfere de maneira negativa na experiência. A Papergames disponibilizou na sua versão uma ficha de ajuda para todos os jogadores com todas as ações possíveis, fases e pontuação de cada fase, o que facilita demais o aprendizado e fluência do jogo.

Ficha de ajuda do jogo de tabuleiro Luna

A produção como sempre está caprichada, tanto nas peças de madeira quanto nas peças de papelão.

Pontos positivos:

  • Bastante ações disponíveis, o que não deixa o jogador muito travado
  • Funciona bem em todos os números de jogadores (inclusive 2 pessoas)
  • Fácil de aprender e ao mesmo tempo exige um certo planejamento para fazer boas jogadas, o que traz um desafio bacana
  • Ótima produção dos componentes
  • Ficha de ajuda com ações, fases e pontuações

Pontos de atenção:

  • Não tem um tema cativante ou que ajuda na apresentação do jogo
  • Tem um conflito direto nas pedras do templo, o que pode deixar algumas pessoas mais chateadas
  • Sem um planejamento adequado o jogador pode ficar nas últimas rodadas sem muitas opções e talvez fora da corrida pela vitória

Luna é um jogo com um desafio de fácil para médio, para jogadores que procuram um desafio bacana e que via de regra vai agradar também quem procuram partidas relativamente rápidas com várias opções de estratégias e caminhos para a vitória.

Quer ler mais análises sobre jogos de tabuleiro como essa?

Visite nosso FacebookPinterest,   InstagramBLOG  e  Ludopedia

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s