Aldeia jogo de tabuleiro Xingu

XINGU, um jogo para falar sobre a cultura indígena

Aldeia jogo de tabuleiro Xingu

Dia 19 de Abril é o dia do Índio, data oficializada como momento de reflexão em relação aos povos indígenas, seus valores, cultura e mais importante ainda: Tempo para entendermos a relação deles com nossas origens como povo e como país.

Muitas atividades são feitas nas escolas apresentando valores e idéias da cultura indígena, mas que tal você usar um jogo de tabuleiro para trabalhar esse assunto com seus filhos e a criançada em geral?

Vamos falar hoje de um jogo nacional, o XINGU da MS Jogos que pode ser usado como uma excelente ferramenta para tratar do assunto, pois além de ser um ótimo jogo ele também apresenta diversos elementos da cultura indígena brasileira sendo muito interessante para abrir a discussão e o entendimento sobre a cultura indígena.

Personagens jogo de tabuleiro Xingu

Os papéis na tribo

Você pode utilizar os diversos papéis que o jogo traz (cacique, pajé, caçador, etc) para conversar com a criançada sobre o que cada um deles faz, a relevância para a tribo e como esses papéis se desenvolvem no jogo e na vida real.

Recursos iniciais jogo de tabuleiro Xingu

Alimentação

Diversos elementos, como frutas, peixes, mandioca e animais são apresentados durante o jogo como itens usados pelos índios para alimentação.

Uma proposta interessante seria pesquisar, conferir e relacionar tudo o que é apresentado pelo jogo com a realidade das tribos indígenas e entender o porquê do uso de cada elemento apresentado.

Expansão aldeia jogo de tabuleiro Xingu

Habitação

Onde os índios vivem? O jogo apresenta a Oca como habitação usada pelas tribos e aqui temos também mais uma ótima oportunidade para entender o que são e como funcionam as ocas.

Fazenda jogo de tabuleiro Xingu

Escravidão

Existem situações no jogo onde nossos índios podem ser levados escravos, mas será que isso acontecia de verdade? Com o assunto apresentado pelo jogo cabe aqui mais uma pesquisa e discussão a respeito do tema para a criançada entender as dinâmicas históricas e tudo o que cercava a existência indígena.

Cartas Recursos jogo de tabuleiro Xingu

Doenças

Outro evento que prejudica os jogadores no jogo (além da escravidão) são as doenças, e o grande detalhe interessante no jogo é que seus índios adoecem na proporção de homens brancos próximos à sua tribo.

Temos aqui mais um elemento para a criançada entender, a questão das doenças que foram trazidas pelos homem que fez contato com os indígenas, mais um assunto importante para as crianças entenderem.

Aldeia Jogo de tabuleiro Xingu

Marechal Rondon

Marechal do Exército Brasileiro, Cândido Rondon foi um homem de uma biografia ímpar, que vale à pena ser pesquisada e compreendida, e ele recebe uma menção no jogo pela expansão das linhas telegráficas que partem dos postos instalados no mapa.

Mais um assunto importante para a compreensão da nossa história e de um grande personagem histórico e relevantíssimo para nosso país como o marechal Rondon.

Acampamento dos missionários Jogo de tabuleiro Xingu

Os missionários

Outro ponto importante que é apresentado no jogo de maneira muito interessante é a presença de missionários que ajudam sua tribo a pontuar mais porém em contrapartida inibem algumas práticas culturais, como os rituais do pajé.

Cabe aqui a discussão de quem eram esses missionários e a atuação deles ao longo da história indígena, quais os benefícios e malefícios desses grupos dentro da cultura e modo de vida indígena.

Tá vendo como um jogo de tabuleiro pode ser usado para fins educativos ou para abrir e instigar certos assuntos e discussões?

Não perca nossas resenhas e artigos, siga nosso Instagram  

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s