Dez tipos de jogadores e como lidar com eles (Parte 4)

Dez tipos de jogadores de jogos de tabuleiro e como lidar com eles

Hoje na quarta parte da série “Dez tipos de jogadores e como lidar com eles” (se quiser ler a primeira parte aqui, segunda aqui e terceira aqui) falaremos a respeito do chato e do cara legal.

close up portrait photo of woman with her head resting on her knuckles

O Chato

Afinal por que você está aqui? Essa é a pergunta que todos à mesa pensam, mas não falam para o Chato.

A razão pela qual ele aparece para jogar ou se junta ao grupo é sempre um mistério, pois ele sempre está desinteressado no jogo, afinal qualquer outra coisa parece mais interessante para ele. Pela sua apatia ele é extremamente perigoso pois pode levar os jogadores a tomarem quaisquer decisões que terminem logo o jogo.

Em alguns casos eles realmente nem jogando estão, sendo controlados por outros jogadores como um “dummy player” e passam boa parte do tempo no seu celular, que parece mil vezes mais interessante que o jogo.

Como lidar?

Melhor solução é realmente tirar esse “jogador” das partidas, pois ninguém ganha com um tipo desses na mesa. Permita que ele saia do jogo se desejar, ou avise-o que ele precisa prestar atenção e participar se deseja ficar. Pode ser desagradável mas é melhor do que ficar com essa nuvem de negatividade na mesa.

man in red crew neck sweatshirt photography

O Cara Legal

Muitas pessoas levam os jogos de tabuleiro muito a sério, mas não o cara legal. Ele vem jogar porque gosta da companhia.

Ele sempre quer se divertir, não se importando muito com qual jogo, quem participará ou quanto tempo durará. Em alguns casos o Cara Legal pode ser um problema por ser facilmente manipulável durante a partida ou mesmo tomar decisões irracionais só para não parecer “mau”.

Para não parecer um cara agressivo ele sempre é passado para trás durante o jogo e pode ser usado como peão por jogadores em partidas competitivas.

Como lidar?

Como ele realmente é um cara legal, não existe muita dificuldade em lidar com ele caso ocorra algum problema, sendo melhor falar para ele diretamente se ele estiver sendo muito “bonzinho” ou sendo manipulado por outros jogadores.

E algumas pessoas precisam descobrir que não existe problema em jogar de maneira mais agressiva, pois é o que alguns jogos pedem.

E na última parte falaremos a respeito da Vítima e do Aliancista…até lá (parte 5 aqui).

Quero ler mais artigos sobre jogos de tabuleiro no

Facebook,   Pinterest,   InstagramBLOG  e  Ludopedia

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s